ERP para pequenas empresas: vale a pena? A Triplos explica!

Detalhe do blog

Home-Blog-ERP para pequenas empresas: vale a pena?

ERP para pequenas empresas: vale a pena?

Compartilhe:

O Software ERP  para pequenas empresas desmembra uma grande discussão no meio. Afinal, é válido investir em um sistema para uma empresa que ainda galga passos iniciais no mercado?

É uma pergunta que demanda uma resposta elaborada. Isso porque definir a validade do investimento vai muito de encontro à projeção que a empresa almeja.

Por vezes, em um mercado saturado, e com a necessidade de resultados rápidos, o investimento seja válido. Por outro lado, ao contar com um orçamento curto inicial, talvez a implantação não seja a mais adequada para o momento.

São pontos a avaliar, seja momento, orçamento, necessidade e outros. Entender a posição da sua empresa no mercado, o momento atual vivido e avaliar o que é possível investir.

Após colocar cada um destes importantes aspectos na ponta do lápis, a decisão poderá ser elucidada. A Triplos, por exemplo, possui um Top 3 de software em gestão empresarial, o que ajudará você a conhecer um pouco sobre os sistemas e suas possibilidades.

Mas chega de falar sobre projeções. O importante é responder na lata: então, vale a pena ERP para pequenas empresas?

Vamos conhecer as vantagens e desvantagens da implantação do sistema na sua empresa. Sabendo cada detalhe, talvez a resposta surja, e, assim, possamos delimitar se é válido ou não o investimento.

Vantagens e desvantagens de ERP para pequenas empresas

Claro que as vantagens e desvantagens da implementação de um sistema ERP são genéricos. Contudo, é possível enxergamos, através dos argumentos, se, para sua pequena empresa, é válida a contratação de um eficiente software de gestão empresarial ou não.

Vantagens do sistema ERP

De forma básica e resumida, o sistema ERP permite enxergar a empresa como um todo.
Desta forma, temos as seguintes possibilidades após implantação:

● Auxílio em implementação das práticas empresariais;

● Flexibilidade, bem como adaptável às mudanças da empresa (bom para quem almeja crescer em curto prazo);

● Coleta de dados inteiramente automatizada com excelência;

● Possibilidade de acessar os dados de forma rápida, prática e com atualização constante;

● Elabora uma padronização adequada dos sistemas de informação;

● Maior transparência para com as informações;

● Integração das áreas da empresa (para o futuro, contando com o crescimento do empreendimento);

● Os dados expostos favorecem uma tomada de decisões, e uma elaboração de estratégias mais coerentes e concisas;

É importante ressaltar que estas vantagens dizem respeito a uma avaliação genérica das possibilidades de um sistema ERP. Ele terá uma variação conforme serviço contratado, objetivo com implantação e também configuração do software.

Desvantagens: afinal, vale a pena investir em sistema ERP nas pequenas empresas?

Claro que as vantagens são ótimas, mas não é possível simplesmente pensar nelas e descartar possíveis desvantagens para a pequena empresa que está recém começando. Com a implantação, alguns entraves podem aparecer com o passar do tempo, como:

● Dados a serem migrados e integração dos sistemas podem se mostrar caros;

● Investimento em hardwares mais sofisticados, variado segundo a configuração do sistema;

● Em vários casos, o custo de manutenção acaba sendo alto, dependendo do serviço contratado;

● Custos adicionais serão necessários para o treinamento da equipe que, futuramente, cuidará exclusivamente deste ala da empresa;

● Caso o sistema seja utilizado para extremas burocracias, os colaboradores podem não se agradar, tais como sistemas com foco inteiramente em coleta de dados e baixas no sistema;

Como no tópico que envolviam as vantagens da implantação dos softwares em ERP para pequenas empresas, as desvantagens são igualmente genéricas. Elas servem para embasar possibilidades e entraves que podem vir a acontecer.

Resumindo: vale a pena implantar um Software ERP em pequenas empresas?

Em muitos casos, as pequenas empresas acabam ficando apenas assustadas com as desvantagens que esquecem as grandes vantagens da implantação do sistema ERP.

Embora o investimento primário possa ser significativo, ele pode ser, facilmente, recuperado após em um curto espaço de tempo. Além de organizar, o sistema ERP possibilita que tomadas de decisões e estratégias sejam melhor arquitetadas através do que o sistema apresenta.

Enfim, pequenas empresas nem sempre veem necessidade em implantar completamente o sistema ERP. Para uma empresa com poucos funcionários e poucos setores pode parecer um gasto investir em ERP, e não um investimento.

Contudo, analisar o contexto é sempre fundamental, sobretudo avaliando as novidades em
sistemas ERP observadas no mercado . É interessante (e, de certa forma, primordial) buscar soluções que podem ser certeiras.

Soluções estas podem ser a implantação modular do sistema ERP, ao qual corresponderia às necessidades primárias da pequena empresa. O investimento inicial não seria elevado, e facilitaria a implantação de um sistema para auxiliar a pequena empresa crescer a no mercado.

Portanto, meu caro leitor, investir em sistema ERP para pequenas empresas é, definitivamente, uma tentativa válida.

Gostou do nosso artigo? Leia o último!

Compartilhe:

Deixe o seu Comentário